Alicia Soto. O Jardim das Hespérides

O Jardim das Hespérides é um projeto hispano-marroquino que se foi desenvolvendo através de um exaustivo processo de pesquisa e mediante diversos workshops realizados com mulheres marroquinas e espanholas em Casablanca e Valladolid e que finalmente ganhou forma com a criação desta peça de dança-teatro.

Um espetáculo, que é um canto à mulher, numa viagem de ida e volta entre culturas e as suas peculiaridades e que serve para comemorar os 25 anos de percurso da Companhia Alicia Soto-Hojarasca.

As Hespérides, segundo a mitologia grega, eram as ninfas que cuidavam de um jardim abrigado por árvores de fruto, as quais produziam maçãs douradas que conferiam a imortalidade. Este pomar, segundo a mitologia grega, situar-se-ia no sul da Península Ibérica ou no Atlas marroquino. Daí o título de O Jardim das Hespérides.

O nosso Jardim das Hespérides representa o jardim interior das mulheres; de todas as mulheres de forma universal, mulheres de diferentes culturas, religiões, lugares e épocas. Do onírico, passando pela descrição poética, mostra-se o lugar que toda a mulher constrói para sonhar, para repousar, para ganhar fôlego, para saciar a sede e construir um mundo íntimo que a ajude a continuar ou, noutros casos, a sobreviver. O jardim só existe caso se conheça a escuridão.

Um jardim que foi criado graças ao grande trabalho desenvolvido por uma equipa artística de primeira água, composta por nomes como o da própria Alicia Soto, criadora, coreógrafa, dramaturga e intérprete; Júlio Martín da Fonseca, que se encarregou da direção teatral; a grande Elisa Sanz, designer de espaço cénico e figurinos, que conta com 9 Prémios Max no seu currículo –o último dos quais em 2020–, e que se encarregou de desenhar os figurinos da obra, e o destacado designer Miguel Ángel Camacho, também ele com vários prémios Max no seu currículo.

FICHA ARTÍSTICA

Criação e coreografia: Alicia Soto

Dramaturgia: Alicia Soto, Júlio Martin da Fonseca, Carmen Samudio Kostina

Direção teatral: Julio Martín da Fonseca

Intérpretes: Lorenza di Calogero, Paloma Calderón, Sanae Assif, Ester Lozano, Alicia Soto

Textos: Carmen Samudio Kostina e diversas autoras

Música original: Abdellah M. Hassak

Desenho de iluminação: Michelangelo Camacho

Técnico: Pombo Cavilla

Desenho de Figurinos e Espaço Cénico: Elisa Sanz

Fotografia: Luis A. Barajas

Vídeo: Mundimag e Luis A. Barajas

Imagem de marketing: José Navarro

Comunicação: Golden Leads, Lemon Press

Produção: Marina Arranz, João Sousa Marques

Administração: Sofia García Fernández, Virginia Grigelmo

Gestão: João Sousa Marques

Alicia Soto:

  1. Pesquisadora do GECAPA (Gabinete de Estudos de Cultura em Artes Performativas e Audiovisuais) do CLEPUL, da Universidade de Lisboa.
  2. Prémio de melhor espetáculo Estación Norte, Festival Internacional de Teatro e Artes de Rua de Valladolid, TAC.
  3. Delegada de Dança da Academia das Artes Cénicas, Espanha.
  4. Presidente do Júri de Comunidades dos Prémios Max, Fundação SGAE.

Os seus espetáculos foram coproduzidos por importantes Festivais e Teatros, entre os quais: Teatro Calderón, Valladolid, Festival IDN, Mercat de les Flors, Barcelona, Festival Internacional de Salamanca e Fundación Siglo, Festival Internacional de Teatro de Rua TAC, Valladolid, Festival Internacional Fitcarrer, Vila-real, LAVA, Laboratório das Artes de Valladolid.

4 de Dezembro  de 2021 (21:30) | Centro Cultural de Congressos do Caldas da Rainha


DISCIPLINA
ARTES CÉNICAS

QUANDO
04/12/2020
21:30

ONDE
CCC – Centro Cultural de Congressos de Caldas da Rainha
R. Dr. Leonel Sotto Mayor 23D
CALDAS DA RAINHA

BILHETES
Comprar

SITES
Alicia Soto

COLABORAM
Câmara Municipal de Caldas da Rainha
CCC

© 2021-Ministério da Cultura e Esportes, Todos os direitos reservados – Condições de utilizaçãoPolítica de privacidadePolítica de uso de cookies. Web design por Accionlab

This site is registered on wpml.org as a development site.