Roberto Oliván: Timber

Teatro-Timber-Destacada

A convite da Companhia Instável e o grupo de percusão Drumming GP, o coreógrafo Roberto Olivan vem a Portugal dirigir a criação de uma nova peça, com música original de Michael Gordon, interpretada ao vivo pelo Drumming GP.

Timber — o ambiente sonoro convocado na palavra convida a ver as partes mais pequenas do todo, os elementos que lhe dão corpo, as tábuas que lhe servem de chão. Quantos corpos no corpo cénico? Quantos corpos no corpo social?

Em Timber procura-se reflectir sobre o que está a decorrer em todos os cantos do mundo, as mudanças socioculturais e ideológicas inevitaveis dos nossos tempos. Convocam-se as partes, singularmente silenciosas, e amplia-se a sua verdade. Que importância tem para a ordem maior?

Corpos, sons, movimentos e objectos interatuam e colidem no palco, provocando novos sentidos, reclamando lugares e atenção.

A Companhia Instável é uma estrutura que trabalha, desde 1999, para promover melhores condições para a dança contemporânea e proporcionar oportunidades profissionais para sua criação. A Companhia Instável é apoiada pela República Portuguesa – Cultura / Direção Geral das Artes e Câmara Municipal do Porto.

8 de novembro de 2019 | Teheatro Circo (Braga)

Compartilhar em redes sociais

Coreografia: Roberto Olivan
Música: Drumming GP
Música Original: Michael Gordon
Disenho da Luz: Ricardo Alves
Diretora: Cátia Esteves
Producção: Companhia Instável
Co-producção: Theatro Circo

Entrada geral em bilheteria e online (https://www.theatrocirco.com/pt/agendaebilheteira): 12€

Parceiros