“Reinar depois de morrer”

Teatro-Reinar-despues-morir

A figura de Inês de Castro, personagem histórica e literária, e a lenda em torno da sua pessoa, é um dos temas mais revisitados na literatura peninsular. Os amores impossíveis entre Inês e D. Pedro de Portugal dão forma a lendas, romances e dramas, até que Luis Vélez de Guevara (Écija, Espanha, 1578-1644) escreve a sua obra magistral Reinar depois de morrer, publicada pela primeira vez em Lisboa em 1652.

Nesta tragédia, os amores entre Inês e Pedro encontram a oposição do rei, D. Afonso de Portugal, que obriga o seu filho a casar-se com D. Blanca de Navarra. A desobediência a este desígnio acarretaria a ruptura das relações entre Portugal e Navarra. Confluem na obra de Vélez dois temas em oposição: o dever de Estado e os ditames do coração, que originam conflitos abundantes entre as personagens numa progressiva tensão dramática.

Para além do interesse histórico, o carácter evocativo e a qualidade teatral, Reinar depois de morrer é hoje uma tragédia contemporânea, que coloca ao espectador perguntas sobre a liberdade individual e os limites perante os ditames dos poderes públicos que invadem a esfera privada, pertença exclusiva do indivíduo.

Teatro São Joao (Oporto)

5 dezembro – 21h

6 dezembro – 21h

7 dezembro – 19h

Compartilhar em redes sociais

Coproducción: Companhia de Teatro de Almada y Compañía Nacional de Teatro Clásico

https://tnsj.bol.pt/Comprar/Bilhetes/80461-reinar_depois_de_morrer-teatro_nacional_sao_joao_e_p_e/Sessoes

Informação do evento
Parceiros